Você sabe quem é Kevin Mitnick?

Kevin atualmente é consultor de segurança digital e possui um passado bem radical quando o assunto é hacking.

Ele já foi considerado um dos hackers mais procurados do mundo pelo FBI pois havia atacado cerca de 40 empresas americanas apenas pelo desafio.

Chegou a lançar diversos livros e se tornou um grande autor reconhecido mundialmente tanto pelos seus feitos no passado, como no presente.

Sendo assim conheça hoje a história do maior hacker que o mundo já conheceu, Kevin Mitnick!

Leia mais:
Microsoft anuncia Defender para Android e iOS
Graças a uma brasileira, você não precisa pagar por antivírus no Windows
Malware 100% brasileiro surge usando a epidemia do Coronavírus como isca
O que a TI nos reserva para 2020?

Tudo começou com as passagens de ônibus…

Ainda muito jovem com cerca de 12 anos Kevin usando uma técnica de engenharia social conseguiu uma forma de burlar as passagens de ônibus e andar gratuitamente por Los Angeles.

A engenharia social sempre foi o forte de Kevin, as passagens de ônibus foram apenas o começo, mais tarde ele usaria as suas habilidades para atingir alvos maiores.

Já aos 16 anos ele invadiu a rede da Digital Equipment Corporation e baixou ilegalmente uma cópia do softwares deles, isso era 1979.

Essa invasão rendeu a Kevin em 1988 uma condenação de 12 meses de prisão mais 3 anos de liberdade supervisionada.

Quando estava prestes a terminar sua liberdade Kevin acabou invadindo os computadores da Pacific Bell uma empresa de telefonia na época, simplesmente para monitorar o correio de voz dos policiais que estavam investigando ele.

Logo em seguida ao ataque a Pacific Bell um novo mandato de prisão foi emitido e nesse momento ele decidiu fugir e tornou-se o hacker mais procurado pelo FBI na época.

Segundo informações Kevin ficou como fugitivo por cerca de 3 anos e durante esse tempo ele não parou.

Ele usava telefones clonados para esconder a sua localização e invadiu dezenas de grandes empresas.

Chegando até mesmo a obter cópias de Softwares de empresas como Motorola, Novell e Sun Microsystem.

Em uma ligação Kevin foi capaz de ensinar uma funcionária a compactar o código fonte do Motorola MicroTAC Ultralite e enviar via FTP para ele.

Seu objetivo nesse ataque era entender melhor como o software funcionava e então altera-lo para evitar que ele pudesse ser rastreado pelos federais.

Finalmente Kevin Mitnick é preso pelo FBI

Após uma longa busca, em 15 de fevereiro de 1995 o FBI foi capaz de prender Kevin em seu apartamento na Carolina do Norte.

Ele foi acusado de crimes como pirataria, invasão de computadores, interceptação de comunicação entre outras acusações.

Com ele foram encontrados celulares clonados, mais de 100 códigos de celulares clonados e identidades falsas.

Em 1999 ele se declarou culpado pelos crimes cometidos e recebeu uma sentença de 46 meses de prisão e mais 22 meses por violar termos de sua sentença anterior.

Um fato curioso é que Kevin foi mantido em uma prisão federal e por durante um ano ficou em uma solitária pois os policiais convenceram o juiz que com um simples telefonema ele poderia lançar misseis nucleares!

Kevin ficou preso por 5 anos até que conquistou sua liberdade supervisionada em 21 de janeiro de 2000, inicialmente ele foi proibido de usar qualquer tecnologia de comunicação que não fosse um telefone fixo.

Kevin Mitnick se tornou um consultor respeitado de segurança digital

Após pagar por seus crimes, Kevin decidiu que era hora de trabalhar para que as empresas não fossem vítimas de pessoas como ele.

Hoje ele é dono e consultor da Mitnick Security Consulting, uma empresa que testa a segurança de outras empresas.

A empresa fundada por Kevin ficou conhecida por obter 100% de sucesso em todas as invasões a empresas que os contratam.

Sendo assim Kevin Mitnick ainda continua “hackeando” empresas, porém agora com contrato legal para isso.

Além disso, Kevin lançou diversos livros contando a sua história como o hacker mais procurado da América pelo FBI e realiza palestras sobre Segurança Digital.

Referência: TechStart

Acompanhe as novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.

Felipe Santos
Felipe Santos é Arquiteto de Cloud e Segurança, com vivência em Administração de Ambientes Windows Server, Cluster, Storages, Backups Veeam e Office 365.
pt_BRPortuguese

nossos artigos já te ajudaram?

Você pode contribuir com o Dicas de Infra a partir de R$1,00 por mês no apoia.se!

Para mantermos a qualidade do Site investimos em Serviços de CDN, plano de hospedagem de alto desempenho e outros plugins para otimização de imagens do site, etc…