Como configurar o Advanced Threat Protection (ATP): Links Seguros

Este artigo é o terceiro artigo da série de posts para cobrir todas as funções do Advanced Threat Protection (ATP) do Microsoft 365.

[Parte 1] Como configurar o Advanced Threat Protection (ATP): Anti-Phishing
[Parte 2] Como configurar o Advanced Threat Protection (ATP): Anexos Seguros
[Parte 3] Como configurar o Advanced Threat Protection (ATP): Links Seguros

Hoje iremos abordar a configuração de Links Seguros, esta função verifica todo e qualquer link recebido nos e-mails e o reescreve para incluir seu próprio wrapper. As URL’s da Microsoft atual como um proxy, fazendo um intermédio entre o site de destino e o usuário final. Isto permite que a Microsoft verifique se o Site de destino é seguro ou se contém algo potencialmente malicioso antes que seja clicado por alguém.

É importante ressaltar que essa verificação ocorre no momento em que o link é clicado, não quando o link foi criado ou enviado. Portanto se esta política estiver ativa, irá verificar também os links de e-mails recebidos antes da realização da configuração.

Ler mais:
Habilitar a criptografia de mensagens do Office 365
Como usar a prevenção de perda de dados no Office 365
3 dicas para manter seu Sharepoint Online seguro
Microsoft disponibiliza mais de 4 horas de conteúdo sobre Microsoft 365

Para iniciarmos a configuração, devemos abrir o portal de administração do 365 / Centros de Administração / Segurança.

Clique em Gerenciamento de Ameaças / Políticas e escolha Links seguros ATP.

Nesta tela você pode editar a política padrão (toda organização) na parte superior da tela. Você poderá determinar qual será o envolvimento com os links e também bloquear URL’s específicas, caso queira. Também é possível habilitar a função para os aplicativos do Office 365. Por fim defina as condições de configuração e clique em Salvar.

Nota: Para utilizar o recurso de Links seguros, é necessário possuir uma licença válida de aplicativos do Office 365 (Word, Excel, Powerpoint no Windows, Mac, iOS e Android.
O Onenote e outros produtos que não são parte do pacote Office 365 ProPlus/Business Premium, como Office 2016, Office 365 Home e Personal, Office 365 para consumidor, não estão cobertos por esse recurso.

Na parte inferior da tela, é possível também adicionar uma nova política que se aplica a destinatários e/ou domínios específicos clicando em +.

Nesta tela é possível ativar a regravação dos links e compará-los com uma lista de links mal intencionados conhecida pela Microsoft, aplicar a verificação em tempo real das URL’s que apontam para arquivos e links suspeitos, aplicar links seguros para mensagens internas da organização, não acompanhar quando os usuários clicam em links seguros, não permitir que os usuários cliquem em links seguros para a URL original e por fim criar uma lista de exceção para que a política não reescreva as URL’s configuradas por você. É possível configurar as condições para aplicar a todo seu Tenant, usuários ou grupos. Após finalizar as configurações, clique em Salvar.

As configurações de Links seguro são mais simples de serem configuradas como vocês puderam ver.
No próximo artigo iremos aprender a como configurar o Advanced Threat Protection (ATP): AntiSpam.

Acompanhe as novidades em tempo real. Siga nosso perfil no Instagram.

Felipe Santos
Felipe Santos é Arquiteto de Cloud e Segurança, com vivência em Administração de Ambientes Windows Server, Cluster, Storages, Backups Veeam e Office 365.
pt_BRPortuguese

Estamos Concorrendo ao
prêmio iBest 2021!!

Vote no Dicas de Infra na
Categoria Tecnologia!